Prefeito sanciona Lei do Bolsa Atleta 2021

O prefeito de Vila Velha Arnaldinho Borgo, sancionou a Lei nº 6.463/21, que institui o Programa Bolsa Atleta. A iniciativa foi publicada no Diário Oficial do Município nesta terça (13) conta com diversas melhorias em relação à antiga versão do projeto.

Serão contemplados 62 atletas, que vão receber de R$ 500 a R$ 2 mil mensais, por doze meses. Antes, eram apenas 8 parcelas de R$ 300 a R$ 1 mil. Com a mudança, ao todo, serão investidos R$ 648 mil.

Para o prefeito, a ampliação do programa Bolsa Atleta acontece para acompanhar o crescimento do protagonismo dos atletas de Vila Velha em competições de nível estudantil, nacional e internacional.

“Temos que dar condições dos nossos atletas serem campeões. Nós seremos referência no esporte do Estado. Espero que essas mudanças melhorem as condições, para que os desafios sejam superados”, disse o prefeito Arnaldinho Borgo.

De acordo com o secretário de Turismo, Esporte e Cultura, Paulo Renato Fonseca Junior, “o benefício contempla despesas com treinamento, viagens e alimentação de atletas e paratletas que conseguiram o primeiro, segundo ou terceiro lugares em competições estaduais, nacionais, internacionais e olímpicas”.

“Poderão participar do processo de seleção atletas de alto rendimento, que tenham residência fixa em Vila Velha de, no mínimo, dois anos. Podem participar também os integrantes da seleção brasileira que estão fora do município.

A ressalva é para os que atuam em clubes de outros estados, que não serão contemplados”, informa o subsecretário de Esporte, Fábio Luiz Magalhães.

Confira todas as regras do Programa Bolsa Atleta 2021 clicando AQUI.

O próximo passo será o lançamento do edital de seleção dos atletas, que deve acontecer nos próximos dias.