Aulas presenciais são suspensas em dois Centros de Educação Infantil de Linhares

Dois centros de educação infantil municipais de Linhares tiveram as aulas presenciais suspensas devido a constatação de casos confirmados e casos suspeitos de Covid-19 entre profissionais que atuam nas unidades de ensino.

A Secretaria de Educação de Linhares e a Vigilância Sanitária do Município, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Saúde, informaram, nesta terça-feira (9), que o quantitativo e apresentação dos casos estão sendo acompanhados pelas equipes da Vigilância Epidemiológica do Município. Todos os casos são de pacientes com sintomas leves e sem a necessidade de internação.

A suspensão das aulas está alinhada à Nota Técnica COVID-19 N° 82, do Governo do Estado do Espírito Santo e foi tomada em decisão conjunta com a equipe técnica da Regional de Saúde de Colatina.

Os casos foram registrados no Centro de Educação Infantil Municipal Chapeuzinho Vermelho e no Centro de Educação Infantil Municipal Adagmar Pinto Santos, os dois localizados no bairro Interlagos. As aulas serão suspensas pelo período de 7 (sete) dias e deverão retornar no formato presencial no próximo dia 16 de março.

Neste período, os profissionais e os pais dos estudantes foram orientados a acompanhar possíveis sintomas da doença e buscar as Unidades Básicas de Saúde de referência do bairro em casos de suspeita. Enquanto isto, as atividades serão realizadas de forma remota.

A Secretaria de Educação de Linhares informou que, do dia 8 de fevereiro até o dia 9 de março (hoje), 50 casos de Covid-19 foram confirmados entre os profissionais da Educação e 2 (dois) entre estudantes da rede municipal de ensino.

As aulas na rede municipal de Linhares voltaram no dia 8 de fevereiro. As escolas adotaram o formato híbrido, ou seja, com aulas presenciais e remotas, seguindo um planejamento específico para cada modalidade de ensino.

Todas as unidades de ensino cumprem os protocolos sanitários exigidos pelas autoridades de saúde.