Praia no Porto de Regência está imprópria para banho

02-09-2019   Redação Imprimir

Semanalmente, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos Naturais realiza o monitoramento das águas das praias e lagoas de Linhares. O teste de balneabilidade aponta se os locais estão próprios ou impróprios para banho. E a última análise, divulgada na sexta-feira (30), apontou que o município conta com 10 pontos liberados para banho, dos 11 pontos de coleta.

 

De acordo com a classificação, dos 11 locais de análise, o ponto próximo ao Porto de Regência está impróprio para banho, conforme os parâmetros do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA) nº 274/2000. Por isso, a recomendação da pasta é que os moradores e turistas não se banhem no Rio Doce, próximo ao local. A análise é válida até o próximo dia 6.

 

Neste momento, o balneário conta com as praias do Projeto Tamar e a da rua principal aptas para banho. Segundo a pesquisa, o município conta com dez pontos adequados para banho, dentre eles as lagoas Três Pontas, Nova e Fantin. No balneário de Pontal do Ipiranga, os pontos próprios estão na Primeira, Segunda e Terceira Avenidas, além do Riozinho. Enquanto em Povoação, o ponto da rua principal está apto para banho.

           

Balneabilidade

A balneabilidade é a indicação da qualidade das águas destinadas à recreação de contato direto e prolongado, como natação, mergulho e lazer. Todos os pontos são analisados e monitorados por meio da coleta de amostras de águas e análise laboratorial para a avaliação do indicador de coliformes termotolerantes, cujos resultados apontarão se os locais estão “Próprios” ou “Impróprios” para banho.

 

A mudança das classificações se deve a fatores como estiagem prolongada, ocorrência de chuvas e condições da maré. Dependendo dos resultados das amostras, o ponto de coleta pode mudar de próprio para impróprio de uma semana para outra. As placas serão atualizadas conforme recomenda a Resolução 274/2000 do Conama.