Governo anuncia investimentos em educação e infraestrutura na região serrana

31-05-2019   Redação Imprimir

O governador do Estado, Renato Casagrande, completou 150 dias de mandato nesta sexta-feira (31) e com novas ordens de serviço assinadas. Em Domingos Martins e Venda Nova do Imigrante, o governador chegou a 30 cidades visitadas, sendo as primeiras da região serrana.

Nas montanhas capixabas, foram anunciados cerca de R$ 2,5 milhões em investimentos na reforma e ampliação do CMEI Jutta Batista da Silva, na região de Pedra Azul, e para obras de pavimentação de ruas nos dois municípios.

“Isso mostra que chegamos para governar desde o primeiro dia de mandato. Cada município que vamos é uma ordem de serviço ou uma inauguração. Estamos pisando no acelerador em obras com recursos garantidos. E o capixaba pode esperar por obras estruturantes que mudarão as regiões, possibilitando acabar com o gargalo de infraestrutura que sofremos no Espírito Santo”, garantiu o governador.

Casagrande falou sobre a reforma e ampliação do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI), garantindo 70 vagas a mais para as crianças da região. A escola vai ganhar três salas, uma brinquedoteca, depósito de material de limpeza, banheiros e pátio coberto.

A iniciativa faz parte do Pacto pela Aprendizagem no Espírito Santo (Paes). “É um trabalho que incentiva as crianças desde a creche, instigando, estimulando o desenvolvimento cognitivo e integral em um ambiente adequado de aprendizado”, comentou.

Para o secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, o investimento anunciado significará oportunidades de estudo para muitos alunos. “Nossos desafios são muitos, a agenda é extensa, mas a alegria de anunciar um investimento importante como esse é muito gratificante. Significa que estamos criando condições de estudo para famílias e crianças que não tinham essa oportunidade antes”, afirmou.

Em Domingos Martins, por meio da Secretaria de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sedurb), foram assinados três convênios para drenagem e pavimentação de ruas no distrito de Aracê. O primeiro deles, no valor de R$ 654.067,57, é para obras nas Ruas 01, 02 e 03 na localidade de São Bento do Aracê, com extensão de 652,80 metros, 1.311,60 metros de meio fio, 498,09 metros de drenagem e 3.157,00 m² de pavimentação com blocos de concreto.

O segundo convênio é para pavimentação e drenagem na localidade de Vivendas de Pedra Azul, com investimento de R$ 333.642,92. Serão 514,46 metros de extensão, com 2.684,48 m² de pavimentação com blocos de concreto, 1.012,20 metros de meio fio de concreto e 55,98 metros de drenagem.

E por fim, foi assinado também um convênio de R$ 342.659,09 para drenagem e pavimentação na Rua Rainor Uliana e para as Travessas 01 e 02, também no Distrito de Aracê. A obra terá extensão de 446,55 metros, 2.224,76 m² de pavimentação com blocos de concreto, 867,42 m de meio fio de concreto pré-moldado e 206,90 m de drenagem.

“As obras de drenagem e pavimentação nessas ruas de Aracê irão melhorar a mobilidade, além de trazer melhores condições de tráfego e mais segurança aos moradores e aos visitantes que circulam na região, que tem forte potencial turístico”, destacou o secretário de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano, Marcus Vicente. 

Venda Nova do Imigrante

Na capital da polenta, o governador Casagrande assinou convênio para a pavimentação de ruas rurais e urbanas e visitou o Hospital Padre Máximo, onde espera abrir leitos de UTI [Unidade de Tratamento Intensivo] em breve. “São investimentos estruturantes para ajudar a gerar emprego, investindo em infraestrutura para gerar oportunidades", disse.

O convênio abrange a pavimentação da Rua Augusto Cristo Roncete, Rua Paralela à Avenida Nona Vitória, Rua Pierina Altoé Perim, Rua Augusto Botacim, Rua Providência próxima ao rio, Rua Ângelo Lorenzoni e Rua José Mendes da Silva. O valor do investimento é de R$ 692.651,03. “As ruas contarão com 5.640 metros quadrados de pavimentação em blocos pré-moldados, 1.884,50 metros de meio fio e 271 metros quadrados de calçadas”, explicou Vicente.

As ruas a serem pavimentadas estão dentro da área urbana e se encontram no caminho das rotas turísticas. As obras beneficiarão moradores, o transporte de produtos agropecuário e turistas que visitam o município para conhecer as pequenas propriedades do agroturismo e pousadas, fomentando a economia local.