Servidores de Linhares estão otimistas em relação à implantação do Plano de Carreira

15-03-2017   Redação Imprimir

O resultado de uma consulta junto ao Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo (TCE-ES) deu um novo ânimo aos funcionários públicos municipais de Linhares em relação às negociações acerca do restabelecimento do Plano de Carreira, Cargos e Salários dos servidores linharenses.  

De acordo com um parecer técnico, a proposta está devidamente formulada e sua aprovação só depende mesmo do prefeito Guerino Zanon (PMDB). O jornal Radar Capixaba conversou com a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Linhares (SISPML), Simone Aguiar. Leia a entrevista.

Radar Capixaba - Na semana passada, representantes do SISPML estiveram em Vitória consultando o Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo sobre os aspectos técnicos do Plano de Cargos e Salários dos Servidores. Parece que a análise foi positiva. Foi isso mesmo?

Simone Aguiar - Sim, estive em Vitória com o vice-presidente do sindicato, Gilson Alves Lima e retornamos animados, pois fomos informados que não existe nenhum tipo de ilegalidade em nossa proposta e que tudo depende mesmo do prefeito

Radar Capixaba - O que muda com essa informação?

Simone Aguiar – Hoje (dia 14/03) protocolamos um ofício junto à Prefeitura pedindo uma reunião com o prefeito Guerino Zanon, e vamos aguardar a resposta, que deverá sair no prazo de cinco dias. Mas é bom deixar claro que queremos conhecer a realidade financeira do município, não queremos colocar a faca no pescoço de ninguém. Mas o servidor não pode ficar no prejuízo.

Radar Capixaba - Tem alguma assembleia marcada com os servidores para discutir a questão?

Simone Aguiar - Queremos marcar uma assembleia ainda para março e levar para os servidores o resultado dessa reunião.

Radar Capixaba - Na realidade o Plano já foi aprovado, não é?

Simone Aguiar - O Plano foi aprovado e depois suspenso, pois no segundo quadrimestre de 2016 o município ultrapassou o limite prudencial previsto pela legislação. Mas a situação hoje é outra e não temos dúvida de que avançaremos na execução da proposta.

Radar Capixaba - Existem outras reivindicações além do Plano, não?

Simone Aguiar - Sim, temos o ticket alimentação que não teve reajuste no ano passado, o abono dos aposentados que no ano passado foi suspenso e outros assuntos gerais.